Carregar o seu elétrico com dinheiro: Em breve será possível
DS Automobiles: Geofencing para ajudar na gestão das baterias

Para quando muitos elétricos abaixo de 25.000€?

By on 17 Setembro, 2023

Há muito que se fala da fasquia dos veículos elétricos abaixo dos 25.000€, pois só dessa forma estes se vão conseguir massificar e parece claro a toda a gente que a principal razão para muita gente ainda não ter dado o passo é o preço dos carros, embora já existam, por exemplo, no nosso país, o Dacia Spring.

Este será claramente o grande fator de mudança para a maior adoção de automóveis elétricos na Europa, mas esse é um tema que ainda é muito discutido, pois os fabricantes europeus têm dado primazia aos SUV.

Carros como o Citroen AMI, que é um quadriciclo elétrico compacto, resolve pouco, o Dacia Spring, sim, tem uma preço a partir de 20.510 e tem já boa autonomia, o Smart EQ Fortwo, com um preço a partir de 23.850 euros, é pequeno e já mais caro, o Renault Twingo Electric, tem um preço a partir de 27.020 euros e também boa autonomia para um citadino, o Fiat 500e, tem um preço a partir de 28.800 euros, tem mais autonomia, mas também é mais caro, o Opel Corsa-e e o Peugeot e-208 já custam acima dos 30.000€ pelo que ainda não existem, para lá do Dacia Spring, uma grande massificação de propostas que possa levar muita gente a apostar nestes carros.

Aceitando que as estruturas de carregamento vão acompanhar o mercado, as pessoas ainda têm dificuldade em contar só com carregamentos fora de casa e a percentagem de pessoas que o pode fazer nas suas casas, garagens ou parqueamentos, é ainda muito baixa.

Mas as coisas podem vir a mudar em breve quanto ao surgimento de mais carros elétricos a valores até 25.000€.

Segundo a Transport & Environment até 2025 podem surgir na Europa automóveis elétricos até 25.000€, construídos de forma rentável.

Os chineses, a MG, BYD, etc, não perderam tempo e já estão a aparecer com propostas, mas os europeus estão a preparar-se.

No seu relatório, a T&E afirma que, “em condições de mercado favoráveis”, um pequeno veículo elétrico produzido na Europa em 2025 pode ter um preço de 25.000€ com uma margem de lucro de 4%, semelhante à margem de um pequeno automóvel com motor de combustão.

Teria uma bateria de 40 quilowatts-hora, utilizando uma química mais barata de fosfato de ferro e lítio (LFP) e uma autonomia de 250 a 300 km. Mas o estudo também diz que o preço de venda pode chegar aos 31.000€ se as variáveis, preço das baterias, câmbio euro/dólar e os preços das matérias-primas e dos semicondutores, estiverem altos.

Atualmente, o veículo elétrico mais barato na Europa é o Dacia Spring, que é fabricado na China.

A Stellantis planeia vender o novo Citroen e-C3 fabricado na Eslováquia por 25.000€ euros a partir do início de 2024, a Fiat vai apresentar um novo modelo elétrico inspirado no Panda em julho de 2024, disse o CEO da marca Fiat, Olivier Francois, em entrevista.

O Grupo Volkswagen lançará o pequeno hatchback ID2 em 2025 e o CEO da marca, Thomas Schaefer, disse que pretendem um preço inicial inferior a 25.000€.

A Renault também lançará o Renault 5 BEV em 2024, mas o CEO da marca, Luca de Meo, não se comprometeu publicamente com preço até 25.000€. Na verdade disse no Salão Automóvel de Munique que o Renault 5 seria 25 a 30% mais barato do que o Mégane E-Tech EV, portanto entre 26.000€ a 30.000€.

Vamos ver o que vai suceder, é lógico que o aparecimento de mais pequenos elétricos faça crescer muito (ainda mais) o mercado, mas por outro lado também é preciso que todo este período de inflação e indefinição na Europa e um pouco por todo o lado desapareça, para tudo acalmar à sua volta.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)