Bosch aposta na reciclagem de baterias
Galp: Mais de um milhão de carregamentos em 2023. Rede deverá duplicar até 2025

Galp disponibiliza Gasóleo 100% renovável para frotas de empresas

By on 7 Novembro, 2023

Os combustíveis renováveis começam a ganhar força, por permitirem reduzir as emissões de carbono a curto / médio prazo, sem revoluções na mobilidade. Ou seja, com os mesmos veículos e a mesma infraestrutura, podemos usar combustíveis que reduzem as emissões de carbono. Este tipo de combustíveis não é feito ainda em quantidade suficiente para estar diponível ao grande público mas a Galp já tem uma solução para empresas.

O novo Gasóleo Renovável 100% da Galp é um biocombustível de baixa intensidade carbónica, obtido a partir de matérias-primas residuais ou avançadas como óleos alimentares usados e resíduos de gordura animal, e permite uma redução das emissões de CO2 até 90% (ciclo de vida do produto) em comparação com o gasóleo fóssil. A sua utilização em viaturas com motor de combustão interna a diesel é em tudo idêntica à do gasóleo convencional.

A Bosch, movida pela conjugação das vertentes de inovação e sustentabilidade desta nova solução energética, foi o primeiro cliente a aderir, mobilizando a colaboração da TJA, um dos principais operadores logísticos locais da empresa alemã líder no fornecimento de tecnologia e serviços.

A Galp mobilizou recursos para disponibilizar este novo combustível HVO (Hydrotreated Vegetable Oil), obtido através de processos de hidrotratamento de matérias-primas de origem não fóssil, inicialmente nos postos de Matosinhos e Vila Franca de Xira, para clientes empresariais e operadores logísticos com cartão Galp Frota Corporate, ou por entrega direta nas instalações dos clientes. A expansão deste produto nos postos da rede Galp acompanhará as necessidades de procura do mercado.

A Galp tem também em curso a construção de uma nova unidade industrial em Sines para a produção deste tipo de biocombustíveis já a partir do final de 2025. Esta unidade e a instalação de 100MW de eletrolisadores para produção de hidrogénio verde representam um investimento conjunto de €650 milhões. Ambos os projetos são peças-chave na transformação da Refinaria de Sines num centro produtor de energia verde.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)