Estudos mostram impacto positivo dos carros elétricos no ambiente
Os carros elétricos são mais amigos do ambiente que os carros com motor térmico?

Como prolongar a vida do seu carro elétrico?

By on 24 Janeiro, 2024

Com a rápida eletrificação da indústria automóvel, muitos condutores consideram a mudança, sendo que o mercado oferece cada vez mais opções com menos preocupações sobre autonomia, tempo de carregamento e preço. Uma das preocupações dos utilizadores são os custos de manutenção dos veículos. Para evitar faturas avultadas, nada melhor que usar alguns truques para aumentar a vida do seu elétrico. Eis algumas dicas.

Em relação à manutenção de carros elétricos, é importante notar que possuem menos componentes do que carros a combustão, eliminando a necessidade de itens como filtro de ar, filtro de combustível e óleo de motor. As revisões, embora mais simples, são aconselháveis a cada 12 meses ou 15 mil quilómetros, devendo ser realizadas por profissionais certificados para garantir a durabilidade do veículo.

Um dos componentes centrais dos EV são as baterias. Já temos alguns anos de experiência em lidar com baterias, mas nunca é de mais lembrar apenas dicas simples: evite descarregar completamente a bateria regularmente, evite carregamentos rápidos excessivos, pois podem aumentar o desgaste da bateria.

Manter a bateria a uma temperatura moderada, evitando extremos de calor ou frio é indicado, mas por vezes isso é impossível. Os modelos já começam a ter sistemas que colocam as baterias a um nível de temperatura ideal para carregamentos, mas se conseguir evitar temperaturas extremas ficará a ganhar. Se o veículo ficar parado por um período prolongado, mantenha a carga da bateria entre 20% e 80%. E nos carregamentos, prefira os carregadores de confiança.

A tecnologia de travagem regenerativa, presente nos carros elétricos, ajuda a recuperar energia durante a desaceleração, reduzindo o desgaste dos travões. Estudos indicam que o desgaste das pastilhas de travão em carros elétricos pode ser até 3 vezes menor em comparação com carros a combustão.

A atualização do software do veículo atualizado poderá beneficiar de melhorias de desempenho e eficiência e otimizar a vida útil da bateria e dos restantes sistemas. Os restantes conselhos são aplicáveis aos já bem conhecidos veículos com motor a combustão, como a pressão correta dos pneus, o respeito pelas manutenções periódicas, tendo em atenção o sistema de otimização térmica das baterias.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)