Mazda: MX-5 renovado chega a Portugal e já tem preço
Adamastor Furia: A equipa que fez o impossível

Saiba quanto custam os novos Peugeot 3008 e 5008

By on 26 Outubro, 2020

A Peugeot deu início ao período de encomendas dos novos 3008

e 5008. A dupla surge com novos argumentos para atacar os respetivos mercados e

os preços arrancam nos 32 450€ no caso do 3008 e 34 160€ no caso do 5008.

Começando pelo mais pequeno, 3008, encontramos uma nova grelha dianteira, integrada, sem moldura, específica nos

modelos GT. A iluminação foi igualmente redesenhada e os novos 3008 utilizam

tecnologia LED logo a partir do nível de equipamento de acesso à gama. Atrás,

destaca-se o padrão de luz das garras 3D, uma das assinaturas da marca do leão.

Por dentro, o 3008 continua a apostar no irreverente i-cockpit que combina o

painel de instrumentos de 12,3 polegadas com o novo display tátil central do

infotainment, agora com 10 polegadas. Ao centro, na consola, todos os 3008 com

motores de combustão e caixa automática passam a contar de série com o botão

Drive Mode para seleção do modo de condução.

Quanto a motores, destaque

para as duas versões eletrificadas plug-in, Hybrid 225 e Hybrid4 300, com

autonomias elétricas de 56 e 59 quilómetros, respectivamente. Para além destes,

a gama a gasolina inclui o motor 1.2 PureTech de 130 cavalos e o 1.6 de 180. Do

lado dos Diesel, a oferta faz-se com o 1.5 BlueHDi de 130 cavalos. Todos os

motores estão associados à transmissão automática EAT-8, sendo que o 1.2

PureTech pode estar associado a uma caixa manual de 6 velocidades.

Peugeot 5008 com oferta Diesel e gasolina

Passando

para o 5008, a Peugeot renovou-o com uma nova dianteira em linha com os

restantes modelos da marca gaulesa, onde se destacam as novas luzes diurnas. O

para-choques foi igualmente redesenhado e apresenta entradas de ar mais

pronunciadas. Já na traseira, os farolins estão cobertos por um painel mais

escuro. No interior, principalmente no que diz respeito a tecnologia. De

facto, o 5008 recebe o mais recente i-Cockpit, painel de instrumentos digital

com 12,3 polegadas e ecrã central de 10 polegadas onde se encontra o

infotainment. Os botões físicos continuam presentes, com destaque para o

seletor de modos de condução. No que toca a assistentes à condução, de referir

o cruise control adaptativo, assistente de manutenção de faixa, sistema de

reconhecimento de sinais de trânsito, visão noturna e travagem automática de

emergência.

Neste caso, o SUV de sete lugares vai manter ofertas Diesel e a gasolina. Começando pelo gasóleo, há duas alternativas: 1.5 lt BlueHDI com 130 cavalos e o 2.0 lt BlueHDI de 180 cavalos. Ambos equipados com transmissão automática, mas só o mais acessível com transmissão manual. Já na gasolina há, igualmente, duas opções. O motor de acesso à gama é o motor três cilindros 1.2 lt turbo Puretech com 130 cavalos (associado a caixa manual ou automática), enquanto o mais potente é o bloco quatro cilindros 1.6 lt turbo com 180 cavalos (de série com transmissão automática). Por fim, os clientes vão poder escolher entre os níveis de equipamento Active, Allure, Allure Pack, GT e GT Pack.

Conheça todos os preços aqui.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)