E-5008: O SUV elétrico de sete lugares da Peugeot
Peugeot 3008 & E-3008: Nova geração chega em maio e já tem preços

Peugeot inicia 2024 no topo do mercado automóvel português

By on 4 Fevereiro, 2024

A Peugeot iniciou o ano de 2024 no topo do mercado automóvel português. Com um volume de 2.491 unidades, a marca francesa assegurou, no primeiro mês de 2024, o topo das tabelas de vendas nacionais do mercado total (VP+VCL) e do de Veículos de Passageiros.

Crescimento de 31,9% nas suas vendas, face a janeiro de 2023, quadruplica a evolução do mercado (+7,6%), assegurando à Peugeot uma quota de mercado de 13,8%. Nos Veículos de Passageiros, a Peugeot registou um crescimento de 56,5%, com 2.086 viaturas e uma sólida quota de 13,3%.

O Peugeot 2008 mantém-se o automóvel mais vendido no país com 1.001 unidades.

A Peugeot voltou a ser líder de vendas em todas as vertentes do mercado eletrificado (LEV, PHEV e BEV) entre as marcas generalistas.

Líder do mercado automóvel português há três anos consecutivos, a Peugeot iniciou o ano de 2024 com essa mesma ambição e fechou o mês de janeiro como líder do mercado Total (VP+VCL) e do mercado de Veículos de Passageiros (dados da ACAP).

Com 2.491 matrículas, a Peugeot foi a marca mais vendida no mercado total de Veículos de Passageiros e de Comerciais Ligeiros, registando uma evolução em volume de 31,9% face a igual mês de 2023, bem acima do crescimento do mercado (+7,6%). Com isso, elevou a sua quota de mercado para 13,8%, contra os 11,2% de há um ano.

Refletindo a excelente aceitação dos seus mais recentes modelos, a Peugeot suplantou, também, a concorrência no mercado de Veículos de Passageiros. Registando um impressionante crescimento em volume de 56,5%, num mercado que só cresceu 7,5%, garantiu a posição de marca mais vendida, com 2.086 viaturas e a sua quota de mercado subiu para 13,3% (precisamente mais 4,2 p.p. do que em janeiro de 2023).

No mercado dos Veículos Comerciais Ligeiros, a Peugeot comercializou 405 unidades e fechou o primeiro mês do ano com uma quota de 17,1%.

Mantendo a eletrificação como prioridade, através de uma gama totalmente eletrificada que não para de se enriquecer, com novas motorizações elétricas e ofensivas em todos os segmentos de mercado, a Peugeot demonstra a sua posição de referência como marca líder entre os construtores generalistas.

A Peugeot foi, assim, a primeira marca generalista no ranking de vendas totais (VP+VCL) do mercado LEV (BEV+PHEV), registando 397 unidades, um volume superior em 28% ao de igual mês de 2023, e uma quota de 8,1%. Foi-o, também, no mercado LEV de Passageiros, com 341 viaturas (+32% do que há um ano), assegurando uma quota de 7,3%.

A Peugeot registou uma aceleração no mercado PHEV, assumindo-se, também aqui, como marca generalista líder do mercado. As 236 matrículas representam uma expressiva evolução de 119% face aos volumes de janeiro de 2023, mais do que triplicando o crescimento desta franja de mercado. A Peugeot inicia o ano garantindo uma fatia em torno dos 11%.

No mercado BEV, a Peugeot vendeu 161 viaturas (VP+VCL), liderando, também aqui, entre as marcas generalistas. Cerca de um terço desse volume (56 unidades) foram os furgões 100% elétricos de uma gama que goza de excelente reputação entre empresas e profissionais. Essa prestação deu à Peugeot a liderança desta franja de mercado, com uma expressiva quota em torno de 24%.

Por modelos, o Peugeot 2008 mantém o título de automóvel mais vendido em Portugal, com 1.001 unidades comercializadas em janeiro.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)