Peugeot Inception: A mobilidade elétrica do futuro
Realidade virtual: A autoestrada da inovação

Peugeot 3008 e 5008 recebem versão híbrida com um novo motor e uma nova caixa

By on 17 Fevereiro, 2023

Os dois SUV mais familiares da Peugeot foram os modelos escolhidos para estrear o novo sistema híbrido da Stellantis que foi desenvolvido de raiz e chegará em breve a outros modelos.

O grupo Stellantis tem estado a desenvolver um novo sistema híbrido destinado a fazer parte de uma gama eletrificada, que já inclui versões híbridas plug-in, soluções 100% elétricas e até automóveis equipados com pilha de combustível. E para o estrear, foram escolhidos os modelos 3008 e 5008 da Peugeot. O sistema Peugeot Hybrid 48V inclui um novo motor a gasolina, mas também um elétrico integrado na caixa de velocidades, que é outra das novidades estreadas com este sistema. Trata-se de um sistema híbrido dos que não tem de ser ligado a uma tomada para ser recarregado, mas que consegue circular em modo 100% elétrico em momentos de pouca exigência.

O motor térmico destinado a esta sistema é um novo bloco Puretech de 1,2 litros com três cilindros. Tem uma potência máxima de 136 cavalos e um binário de 230 Nm, disponíveis a partir das 1.750 rpm. Para um melhor desempenho, inclui um turbocompressor de geometria variável e funciona com uma corrente na distribuição, em vez da tradicional correia, o que contribui para uma redução nos custos de manutenção. Já o motor elétrico, conta com 28 cavalos de potência e um binário de 55 Nm, atuando como gerador nas desacelerações, com o objetivo de carregar a bateria de 48V.

Além do novo motor, este sistema também inclui uma nova caixa de velocidades eletrificada e-DCS6 de seis relações, dupla embraiagem e sem quebras de binário, que foi desenvolvida especificamente para fazer parte de sistemas híbridos deste género. Tem incorporado o motor elétrico, o inversor e a ECU, otimizando o peso do conjunto e o desempenho do sistema.

Toda a parte elétrica do sistema híbrido de 48V é alimentada por uma bateria com uma capacidade bruta de 898 Wh e uma capacidade útil de 432 Wh, que foi concebida para o manter o mesmo nível de desempenho durante toda a vida do veículo e inclui uma garantia de oito anos ou 160 mil quilómetros. Ao contrário do que costuma acontecer, esta está instalada sob o assento dianteiro do lado esquerdo, uma solução que permite preservar todo o espaço a bordo e a volumetria da bagageira, mas também otimizar perdas de energia relacionadas com a extensão da cablagem e melhorar a dinâmica da condução graças a uma distribuição de peso melhorada.

Já que falámos no habitáculo é também o momento perfeito para referir que a nova versão híbrida dos 3008 e 5008 tem também adições à instrumentação, com novos visores específicos que indicam o funcionamento do sistema híbrido em tempo real na instrumentação. Através das novas visualizações, será possível verificar o fluxo de energia do sistema, o nível de carga da bateria, um indicador de potência que nos ajuda a manter uma condução mais eficiente e a percentagem da distância percorrida em modo elétrico, seja durante as deslocações ou no final de uma viagem, em jeito de resumo.

Esta nova motorização substitui a anterior PureTech de 130 cavalos com a caixa EAT8, chegando, brevemente, a gamas como o 208, 2008, 308, 308 SW e 408. Os novos 3008 e 5008 Hybrid serão produzidos na fábrica de Sochaux e a chegada ao mercado está prevista para o segundo trimestre deste ano.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)