Mercedes-AMG SL 63 MANUFAKTUR agora com edição exclusiva de 100 unidades
Mercedes mostra a sua gama em pista

Mercedes-Benz atinge novo marco histórico

By on 28 Março, 2023

Com a cerimónia agora realizada pela startup germano-canadiana Rock Tech Lithium Inc. pela sua fábrica de lítio em Guben, Brandenburg, a Mercedes-Benz está a dar o próximo passo rumo ao fornecimento local e à maior integração vertical nas tecnologias de cadeias cinemáticas para alcançar os seus objetivos de eletrificação na Europa.

A parceria com a Rock Tech irá permitir à Mercedes-Benz fornecer aos seus parceiros fabricantes de baterias hidróxido de lítio de elevada qualidade para aumentar a produção de veículos totalmente elétricos.

A nova fábrica de conversão representa mais um marco histórico na parceria estratégica entre a Mercedes-Benz e a startup germano-canadiana. As duas empresas assinaram um acordo no ano passado para o fornecimento a parceiros fabricantes de baterias da Mercedes-Benz de hidróxido de lítio de elevada qualidade refinado na nova fábrica da Rock Tech, em quantidade suficiente para cerca de 150,000 veículos totalmente elétricos (Link).

A parceria estratégica entre a Mercedes-Benz e a Rock Tech foi anunciada na cimeira germano-canadiana no final de agosto de 2022 em Toronto, na sequência da assinatura de um memorando de entendimento entre a Mercedes-Benz AG e o Canadá. Este acordo abre caminho para uma cooperação mais profunda em todas as fases da cadeia de valor automóvel, concentrando-se no desenvolvimento dos recursos naturais.

Ao abrigo do acordo de fornecimento, as duas empresas irão cooperar para criar um plano para ser alcançada uma produção de hidróxido de lítio neutra em emissões de carbono até ao final de 2030. Adicionalmente, o hidróxido de lítio fornecido pela Rock Tech deve ser obtido a partir de minas auditadas pela Iniciativa para a Garantia da Mineração Responsável (IRMA – Initiative for Responsible Mining Assurance).

Integração mais profunda da cadeia de valor alemã e europeia

Com este acordo, a Mercedes-Benz está a abrir novos caminhos na área do fornecimento e, com a sua estratégia clara de fornecimento, está a aprofundar a integração vertical das suas tecnologias de cadeias cinemáticas na Alemanha e na Europa:

• As fábricas de baterias da Mercedes-Benz em Untertuerkheim (Hedelfingen & Bruehl), Kamenz e Jawor (Polónia) e as instalações anunciadas em Sindelfingen e Koelleda terão um papel fundamental no aumento da produção de veículos elétrico da empresa (Link).

• As células de bateria serão fornecidas pelas fábricas europeias da Automotive Cells Company (ACC). A Mercedes-Benz AG adquiriu uma posição igual na ACC juntamente com a Stellantis e a Total Energies com o objetivo de criar o maior fabricante europeu de baterias com ambições a nível de mundial. As células de bateria serão fabricantes em três locais na Europa: Douvrain, Kaiserslautern e Termoli (Link).

• No coração da sua fábrica de Untertuerkheim, a Mercedes-Benz está a construir um eCampus como um centro de competências para a investigação e desenvolvimento de novas gerações de baterias e células de baterias (Link).

• As fábricas em Untertuerkheim e Sebes (Roménia) irão produzir motores elétricos de tração para os novos modelos com plataforma MMA e MB.EA, a partir de 2024.

• A fábrica da Mercedes-Benz em Berlim irá produzir motores elétricos de tração de elevado desempenho para a futura plataforma AMG.EA a partir de meados desta década (Link).

• A partir deste ano, a produção nas próprias fábricas da Mercedes-Benz tem sido neutra em emissões de carbono em grande parte devido ao consumo de eletricidade gerada exclusivamente a partir de fontes de energia renovável. Adicionalmente, a empresa pretende aumentar a produção de energia renovável nas suas instalações de produção. A Mercedes-Benz começou a planear a construção de uma central eólica na sua pista de testes em Papenburg, no norte da Alemanha. A expansão dos sistemas fotovoltaicos também terá um papel importante no aumento do consumo de energia elétrica verde na Mercedes-Benz. Um objetivo importante consiste em cobrir mais de 70 % das necessidades energéticas das fábricas de produção da empresa com energia renovável até 2030.

• A Mercedes-Benz pretende alcançar o objetivo da reciclagem sustentável e de circuito fechado dos materiais utilizados no fabrico de baterias e reduzir o consumo de recursos naturais. Recentemente, a empresa iniciou a construção da sua própria fábrica de reciclagem de baterias em Kuppenheim (Alemanha) – outro marco importante no sentido da independência face às matérias-primas para a tecnologia de baterias dos veículos Mercedes EQ no coração da Europa (Link).

• A Mercedes-Benz também anunciou planos para avançar com o desenvolvimento de uma rede de postos de carregamento de alta potência na Europa. Os primeiros postos de carregamento operados pela Mercedes na França e na Alemanha serão ligados antes do final deste ano. Em conformidade com a estratégia empresarial para a sustentabilidade ambiental “Ambition 2039”, a Mercedes-Benz irá permitir aos seus clientes carregarem os seus veículos com eletricidade verde (Link).

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)