Atualização do Mazda2 Hybrid combina novo design com mais tecnologia
Mazda de vento em popa: Vendas na Europa cresceram 24%

Mazda MX-5: 35 anos de prazer de condução

By on 9 Fevereiro, 2024

No dia 9 de fevereiro de 1989 o Mazda MX-5 fazia a sua estreia no Salão Automóvel de Chicago, nos EUA. Desde então que o roadster passou a ser a referência, com uma legião de fãs pelo mundo todo.

Desenvolvido com base no clássico conceito de um carro desportivo de tração traseira, porém com uma inovadora disposição do motor central dianteiro, o roadster japonês revolucionou um segmento automóvel quase esquecido. O ágil e compacto Mazda MX-5 redefiniu a experiência de condução com o vento nos cabelos, um objetivo alcançado pelos engenheiros da Mazda ao abraçarem a filosofia tradicional japonesa Jinba-Ittai. No contexto do Mazda MX-5, essa conexão entre condutor e carro cria um elo íntimo, proporcionando equilíbrio, agilidade e leveza incomparáveis.

Ao longo dos anos, o MX-5 conquistou uma série de prémios e reconhecimentos que reforçaram sua posição, num mundo que continua a venerar o Mazda MX-5. Oferecendo o puro prazer de condução e um design icónico, o Mazda MX-5 passou por um desenvolvimento contínuo ao longo de quatro gerações (“NA”, “NB”, “NC” e, agora, “ND”). Lançada em 2016, a mais recente geração do Mazda MX-5 continua a cativar os amantes da condução ao ar livre, com a versão RF apresentando um empolgante design Fastback e um sistema de teto rígido retrátil eletricamente, além da versão roadster com capota de lona.

A produção total do Mazda MX-5 na fábrica de Ujina, em Hiroshima, acaba de atingir um recorde de 1.256.745 unidades. Mais de 40 por cento deles, mais precisamente 533.301 unidades, foi comercializada na América do Norte sob a designação Mazda Miata, seguindo-se a Europa, onde foram vendidos 391.503 exemplares do Mazda MX-5. No mercado japonês registaram-se 225.510 unidades, com a icónica designação Mazda Roadster (inicialmente denominado Eunos Roadster).

Por ocasião do seu 35º aniversário, o Mazda MX-5 recebe novo conjunto de atualizações, ao nível dos faróis dianteiros e traseiros, do novo sistema de infotainment que melhora a conectividade e da evolução da ainda mais concentrada experiência de condução Jinba-Ittai.

O novo ‘Track Mode’ aumenta a sensação de envolvimento do condutor no lendário desportivo e funciona em combinação com o Kinematic Posture Control System (KPC) baseado em software, e que proporciona uma dose adicional de estabilidade em curva. Um diferencial de deslizamento limitado assimétrico equipa, agora de série, o Mazda MX-5 Skyactiv-G de 2024, modelo comercializado com o motor 2.0 Skyactiv G de 184 CV (consumo de combustível WLTP: 6,8 l/100 km; emissões de CO₂ WLTP: 153 g/km) e com a unidade 1.5 Skyactiv-G de 132 CV (consumo de combustível WLTP: 6,3 l/100 km; emissões de CO₂ WLTP: 142 g/km.

Prestes a chegar ao mercado nacional, o Mazda MX-5 de 2024 manterá a habitual disponibilidade como roadster, com a clássica capota de lona, ou em versão RF, com tejadilho fixo rebatível, ambas garantindo o prazer de condução de sempre, inerente a este mítico desportivo de baixo peso que flui pelas curvas com elevada agilidade, conforto e segurança.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)