Renault Captur: Primeiras impressões
Renault Captur com ainda mais argumentos

Mais de metade dos carros vendidos na Europa foram SUV

By on 11 Setembro, 2023

O mercado dos SUV continua imparável e os números de vendas na Europa são o sinal mais forte desse crescimento que parece não abrandar. Pela primeira vez, mais de metade dos automóveis novos vendidos na Europa são SUV.

Segundo os dados da Dataforce para a Automotive News, 51% das vendas de automóveis foram SUV, com um crescimento de 23% na primeira metade do ano, perfazendo o total de 3,37 milhões de veículos vendidos. No ano passado, os SUV eram 48% do mercado automóvel europeu.

Segundos estes dados, o Tesla Model Y foi o SUV mais vendido na primeira metade do ano, com 138,152 unidades vendidas, seguindo-se o VW T-Roc (104,465), Toyota Yaris Cross (96,849), VW Tiguan (90,958) e o Dacia Duster (88,038) a fechar o top 5. Hyundai Tucson (83,205), Peugeot 2008 (83,033), Kia Sportage (78,175), Renault Captur (77,899) e Ford Puma (77,508) estão no top 10 com todos estes a terem pelo menos uma variação positiva de quase 5% (no caso do Puma), face ao período homologo de 2022.

Há uma tendência que pode ser alvo de análise aprofundada à ‘posteriori’, mas o segmento dos SUV que mais vende são os Pequenos SUV. Carros como o VW T-Roc, Dacia Duster, Peugeot 2008, Renault Captur, para citar apenas alguns, são os que mais venderam, com um total de 1,133,822 de unidades comercializadas, com um crescimento de 16% face à primeira metade de 2022. Seguem-se os SUV Compactos com SUV 999,568 (que registaram um crescimento de 22%), que ultrapassaram os pequenos carros, onde apenas os best-sellers têm números significativos (Opel Corsa, Peugeot 208 e Renault Clio) com um total de 913,571 unidades vendidas. O segmento que mais cresceu (44%) foi o dos SUV Médios Premium muito graças ao sucesso do Model Y.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)