Toyota bZ4X – Ensaio Teste
KIA reforça aposta nos híbridos, ajustando a sua estratégia

Híbridos na Europa: Toyota na liderança, seguida da Renault e da Nissan

By on 22 Fevereiro, 2024

A Toyota tem feito uma aposta forte nos híbridos e essa aposta tem-se revelado certeira. Mas o top 3 tem agora uma novidade com a Nissan a juntar-se à Toyota e à Renault nas marcas que mais vendem veículos híbridos.

Quase em bicos de pés, a Toyota foi subindo no top das marcas mais vendidas e é agora a segunda marca mais vendida na Europa nos últimos dois anos, ultrapassando os concorrentes. O foco na tecnologia híbrida, enquanto outros dão prioridade aos veículos elétricos (VE) poderá ser um fator a ter em conta nestas contas.

A Toyota vendeu 828.484 carros na Europa em 2023, marcando um aumento de 8% num mercado que cresceu 13%. Os modelos híbridos constituem cerca de 70 por cento das vendas da Toyota na Europa. A experiência de duas décadas e o foco na tecnologia híbrida estão também na base deste sucesso.

No que diz respeito a vendas de híbridos na Europa, a Nissan subiu ao terceiro lugar logo atrás da Toyota e da Renault, após um crescimento significativo na sua participação no mercado de veículos desta tipologia. O destaque foi a venda de 110.904 híbridos pela Nissan na Europa no último ano, mais de cinco vezes o número do ano anterior, segundo dados da empresa de pesquisa de mercado Dataforce.

Segundo a Automotive News Europe, Renault, em segundo lugar, reduziu a diferença em relação à Toyota, graças à forte aceitação das versões híbridas do Clio, Captur e dos SUVs compactos Arkana e Austral. As vendas foram divididas de maneira bastante equitativa entre os quatro modelos, com o Austral híbrido liderando com 51.730 unidades vendidas, representando cerca de dois terços das vendas totais do modelo no último ano.

A Nissan investiu consideravelmente na sua solução e-Power para a Europa, após o sucesso da tecnologia no seu mercado doméstico do Japão desde 2017. Mais da metade das vendas híbridas da Nissan na Europa vieram da versão e-Power do SUV compacto Qashqai, com o restante dividido entre o SUV pequeno Juke e o SUV médio X-Trail, ambos com e-Power. A empresa planeia expandir a tecnologia para os EUA, conforme anunciado pelo CFO Stephen Ma durante o evento de resultados financeiros trimestrais da empresa neste mês. Enquanto isso, o Juke utiliza tecnologia híbrida emprestada do parceiro Renault e compartilhada com o SUV Captur.

O sucesso dos híbridos da Nissan ajudou a empresa a ultrapassar Hyundai, Kia e Honda em termos de vendas da tecnologia. No entanto, a Nissan continua muito atrás da Toyota, que vendeu 614.159 híbridos na Europa no último ano, um aumento de 9,4% relativamente ao ano anterior, segundo a Dataforce.

Vendas Variação
Toyota 614159 +9.4%
Renault 188237 +62%
Nissan 110904 +502%
Hyundai 93854 +10%
Kia 65552 -10%
Dados Dataforce
Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)