KIA reforça aposta nos híbridos, ajustando a sua estratégia
Kia: K4 revelado, antes da estreia no salão de Nova Iorque

Astara – KIA em grande, Mitsubishi a crescer

By on 10 Fevereiro, 2024

Os excelentes números da Astara foram, em boa parte, alicerçadas pelos números da KIA. O mercado português continua a ver com bons olhos as propostas da marca sul-coreana, com o ressurgimento da Mistubishi a ser também importante.

Em 2023, a Kia, líder de vendas na Astara Portugal, alcançou um marco histórico ao superar pela primeira vez as 7.000 unidades vendidas. Destacando-se no Top 5 das vendas para clientes particulares, os modelos Stonic, XCeed e Sportage impulsionaram esse sucesso.

Com a contínua renovação do portfólio e o êxito das propostas eletrificadas, como o premiado EV6 e o novo EV9 de topo de gama, a Kia está bem posicionada para 2024, com o objetivo ambicioso de atingir as 8.000 unidades vendidas.

O regresso da Mitsubishi

Já no caso da Mitsubishi, que atravessa um período de retoma, alicerçado na Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, os números também foram positivos. A reentrada em força no mercado europeu e, particularmente, em segmentos muito expressivos como são o “B” e o “B-SUV”, respetivamente com o Colt e o ASX foi feita com sucesso, afirmando-se como a marca de maior crescimento do mercado nacional no mês de janeiro, com Colt e ASX a representarem cerca de 63% do total das vendas da marca em Portugal. Com o Outlander PHEV à porta a perspetiva é de números ainda melhores ao longo do ano.

Portfolio alargado

Marcas como a FUSO (que prepara o lançamento do eCanter, camião ligeiro 100% elétrico, fabricado em Portugal) a Isuzu ( que graças à D-MAX, registou o seu melhor ano de sempre na Europa), a Maxus (marca pioneira em Portugal na oferta de uma gama completa de viaturas elétricas para o segmento profissional) e a Piaggio fazem parte do portfolio da Astara e todas elas apresentaram-se “no verde” com números positivos e com perspetivas de crescer.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)