Pikes Peak: IONIQ 5 N de 650 cv em busca do recorde
Magma: A nova divisão da Genesis para aquecer o panorama da alta performance

Adeus à combustão: A Hyundai acaba com o i30 N e o i20 N e concentra-se no Ioniq 5 N

By on 24 Fevereiro, 2024

A gama da Hyundai na Europa irá sofrer uma mudança significativa no sentido da mobilidade elétrica, com o Ioniq 5 N, totalmente elétrico, a surgir como o único automóvel totalmente N da gama, cativando os entusiastas com o seu desempenho impressionante. É assim o fim dos aclamados i30N e i20N.

“A produção dos modelos ICE N cessou para o mercado europeu a partir de fevereiro, em linha com o nosso compromisso de oferecer aos nossos clientes uma gama de veículos com emissões zero até 2035 e de operar de forma 100% neutra em termos de carbono até 2045”, afirmou a Hyundai em comunicado à Carscoops. “No futuro, na Europa, a Hyundai está a desenvolver o Hyundai N como pioneiro dos veículos elétricos de alto desempenho. Os nossos clientes beneficiarão de desenvolvimentos tecnológicos que tornarão os VE ainda mais atrativos no futuro”.

O i30 N, introduzido em 2017, oferecia uma escolha de motores turbo de 2,0 litros com até 276 cv, enquanto o menor i20 N, lançado em 2021, ostentava um motor de 1,6 litros de 201 cv. Os “Hot Hatches” ganharam fãs por todo o lado, mas o compromisso com a mobilidade elétrica ditou o fim destas pérolas. Da gama N sobra o Hyundai IONIQ 5 N, equipado com dois motores elétricos (um por eixo) que entregam até 650 cv de potência máxima combinada. 0 aos 100 km/h acontece em 3,4s, apesar de pesar do peso superior a duas toneladas.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)