Alpine entra no mundo do hidrogénio pela porta da competição com o Alpenglow 
Alpine A290: Apresentação oficial marcada para as 24h de Le Mans

A290: A garagem de sonho da Alpine começa com o “hot hatch” elétrico

By on 13 Junho, 2024

» O sucessor do Renault 5 Turbo foi apresentado. O Alpine A290 é o primeiro passo da Dream Garage da Alpine

» Com dois níveis de potência (180 CV / 285 Nm e 220 CV / 300Nm), tem uma bateria com 52 kWh e autonomia até 380 km

» Nas versões mais potentes, 0 aos 100km/h acontece em 6,4 segundos. com uma velocidade máxima de 170 km/h

» Pensado para ser um bom compromisso entre conforto e performance, pretende ser versátil, apelar a um público jovem, com pormenores como a amplificação dos sons dos motores para melhorar a ligação entre o carro e o piloto

» A gama terá quatro opções e deverá chegar ao nosso país no final do ano

A Renault iniciou uma viagem pelo tempo com o Renault 5, com a nostalgia a ser ingrediente chave para o sucesso recente. As formas a relembrar outros tempos apelaram a muitos e a marca francesa está encantada com a reação do público e com a extensa lista potenciais interessados. Mas falar do Renault 5 sem falar do Renault 5 Turbo é esquecer uma parte importante da história da Renault. O 5 Turbo entra também agora na era moderna, com o Alpine A290.

A Alpine apresentou o A290, marcando a entrada da marca na era dos carros desportivos elétricos, aderindo aos seus princípios fundamentais de desempenho, agilidade e design leve, juntamente com o artesanato francês. O A290 é a porta de entrada para a “Dream Garage” 100% elétrica da Alpine, que também incluirá um GT C-Crossover e o novo A110.

O que é a Dream Garage?

O Alpine A290 é apenas o começo de uma nova ofensiva da Alpine. O muito bem sucedido A110 tem dado muitos motivos para sorrir à marca. O A110 tem vindo a receber novas versões desde a sua apresentação em 2017, mas a necessidade de o renovar levou a Alpine a ser mais ambiciosa.

Com a base do Renault 5, resolveu incorporar o espírito do Renault 5 Turbo nesta nova proposta, o A290. Haverá também um Crossover GT, bem como o novo A110. A gama será, depois, alargada, com um descapotável com a base do A110 e uma nova versão do lendário A310, futuro coupé de quatro lugares e ainda dois SUV. Ou seja, sete novos modelos aguardados até 2030, todos eles elétricos.

E o que é o A290?

O A290, inspirado nas sensações do A110, é um carro desportivo urbano compacto, que pretende aliar a agilidade e conforto necessários para o quotidiano, com o divertimento e a performance, numa proposta claramente virada para o público mais jovem.

O A290 está disponível em dois níveis de potência: 180 cv para o GT e o GT Premium, e 220 cv para o GT Performance e o GTS, ambos com 300 Nm de binário. O automóvel inclui ainda um sistema Alpine Torque Precontrol para uma gestão optimizada do binário e uma função de controlo de arranque.

O desempenho do A290 mantém-se consistente mesmo com uma capacidade reduzida da bateria, com as versões de topo a acelerarem dos 0 aos 100 km/h em 6,4 segundos. Para os fãs de adrenalina e desportos motorizados, a expressão “push to pass” é conhecida, com um boost de potência dado para ajudar a ultrapassagem. No A290 temos também um sistema semelhante com um botão de “overtake”, que proporciona potência máxima instantânea. A travagem regenerativa pode ser ajustada em quatro níveis e uma função de controlo de arranque assegura uma aceleração ótima em arranque estacionário.

O Alpine A290 está equipado com uma bateria de 52 kWh, oferecendo uma autonomia WLTP de até 380 km. Inclui uma bomba de calor para otimizar a temperatura do habitáculo e preservar a autonomia. O sistema de carregamento rápido de 100 kW DC carrega de 15% a 80% em 30 minutos ou acrescenta 150 km WLTP em 15 minutos.

Com um carregador AC de 11 kW a bordo, recarrega de 50% a 80% em 1 hora e 20 minutos, ou acrescenta 70 km WLTP numa hora, e recupera de 10% a 80% de carga em 3 horas e 20 minutos. Este carregador suporta as funções V2L (veículo para carga) e V2G (veículo para rede), permitindo um carregamento doméstico económico com o serviço Mobilize Power.

Foco na dinâmica e no prazer de condução

A Alpine não poupou esforços para garantir a melhor experiencia de condução. Muito se diz sobre a falta de alma dos elétricos. A sua natureza mais silenciosa e o seu peso tornam-se entraves à condução mais divertida. O A290 pretende derrubar esse preconceito.

O Alpine A290, construído sobre a plataforma eléctrica AmpR Small, beneficia de uma distribuição de peso otimizada, de um centro de gravidade baixo e de uma maior rigidez devido à colocação da bateria. Com uma frente compacta e vias largas, oferece um equilíbrio entre agilidade e estabilidade, adequado para uma condução desportiva.

O conforto e o carácter prático são preservados neste hatchback de 5 portas e 5 lugares, com uma capacidade de bagageira de 326 litros. A subestrutura do motor e a suspensão traseira multi-link do A290 melhoram o comportamento e a estabilidade. Pesa 1.479 kg, graças a um design totalmente em alumínio e a uma bateria de tamanho adequado.

O automóvel oferece uma experiência de condução desportiva, mas controlável, com uma suspensão afinada, barras estabilizadoras feitas à medida e um controlo aprimorado dos travões através de um conjunto Brembo. Podem ser ativados quatro modos de condução (Save, Normal, Sport, Personal) e o ESC pode ser totalmente desativado.

Os sistemas avançados de assistência ao condutor (ADAS) incluem funcionalidades como a monitorização da atenção do condutor, a travagem de emergência, o cruise control adaptativo e um novo My Safety Switch para ajustes rápidos das definições do ADAS.

A Michelin desenvolveu três pneus personalizados para o A290: Michelin Pilot Sport EV, Michelin Pilot Sport S5 e Michelin Pilot Alpin 5, cada um concebido para condições e requisitos de desempenho específicos.

Interior pensado para sensações fortes

Os clientes mais jovens são cada vez mais exigentes com o equipamento e a tecnologia que os carros oferecem e o A290 está pensado para oferecer a melhor experiência, mantendo-se fiel à sua filosofia.

O cockpit desportivo apresenta design orientado para o condutor. O volante de três raios em pele Nappa, inspirado na Fórmula 1, inclui botões em alumínio para os níveis de regeneração, modos de condução e função Overtake.

A consola central alta, inspirada no A110, inclui os comandos da transmissão e é estofada em couro Nappa de primeira qualidade. O ecrã central de 10,1 polegadas está inclinado para o condutor e os comandos físicos do ar condicionado são facilmente acessíveis.

Os bancos dispõem de um reforço lateral para apoio e são estofados em materiais ecológicos. As versões de entrada incluem tecido revestido granulado e materiais reciclados, enquanto as versões de topo (GT Premium e GTS) utilizam pele Nappa Deep Blue e Eevee Grey com processamento sustentável. O cockpit combina um design desportivo com o conforto quotidiano e a sustentabilidade.

O som da eletricidade, amplificado

Um dos pontos que menos agradam nos elétricos, especialmente para os amantes de automóveis é a falta de som. Os motores térmicos, além de darem a potência para mover os carros, dão-lhes a alma, graças às sua vibrações, aos seus defeitos e virtudes e, acima de tudo, graças ao seu som. A experiência nos carros elétricos fica algo comprometida com a falta de “voz” dos motores elétricos.

Algumas marcas tentaram compensar isso, simulando o som dos motores, mas a Alpine fez algo mais original: Pegou no som dos motores elétricos e amplificou-os. Assim, através do excelente sistema de som fornecido pela Devialet, é também emitido um som que acompanha as acelerações e desacelerações.

A Alpine criou dois perfis sonoros para o A290: O som alternativo, para um tom leve e desportivo, e o som Alpine, para uma experiência mais envolvente e desportiva. Estes sons, desenvolvidos com acústicos e músicos, são reproduzidos através de um sistema áudio Devialet especialmente concebido e podem ser desligados independentemente dos modos de condução. O A290 inclui também um Sistema Acústico de Alerta de Veículos (AVAS) para avisar os peões da sua presença a baixa velocidade.

Telemetria para os amantes das pistas

O Alpine A290 possui um ecrã de instrumentos de 10,25 polegadas atrás do volante e um ecrã central de infoentretenimento de 10,1 polegadas, ambos com gráficos e funções específicos. O painel de instrumentos adota um tema triangular (muito diferente do que estamos habituados) para as indicações de potência e velocidade, com várias visualizações, incluindo Iconic, Navigation, ADAS e Minimal. O ecrã central, integrado no sistema Android Automotive, oferece Google Maps, assistente de voz e acesso a aplicações, suportando tanto o Android Auto como o Apple CarPlay.

A função Alpine Telemetrics fornece dados de condução em tempo real, coaching para melhorar as capacidades de condução e desafios ao estilo de jogos de vídeo. Os dados estão disponíveis no sismte a de infotainment e podem ser acedidos através da app. Na secção de coaching poderá ter acesso a dicas de condução que poderão permitir a sua performance e os desafios, servem como uma espécie de jogo em que vai desbloqueando desafios à medida que consegue atingir certas marcas.

A aplicação para smartphone My Alpine também permite o acesso remoto a informações e funções do veículo, como a localização, o estado da bateria, o planeamento de rotas e o pré-condicionamento. Esta configuração reforça a atmosfera desportiva, digital e de fácil utilização do A290.

Exterior impactante

O Alpine A290 é um automóvel urbano compacto e musculado com 3.990 mm de comprimento, 1.820 mm de largura e 1.520 mm de altura, com uma distância entre eixos de 2.530 mm. Apresenta uma via alargada em 60 mm para uma aparência robusta. O seu design inclui uma assinatura de iluminação distinta com faróis em forma de X e vários elementos de design arrojados, como asas largas, saias laterais, uma borda do tejadilho em alumínio ou azul e uma antena de tubarão preta.

A aerodinâmica foi otimizada para a autonomia elétrica, incorporando características como uma entrada de ar, saias laterais, um difusor traseiro e um spoiler “rabo de pato”. O A290 vem equipado de série com jantes de liga leve de 19 polegadas com design Iconic ou Snowflake e pinças de travão dianteiras Brembo de 4 pistões.

Quatro opções

A gama Alpine A290 inclui duas versões principais, GT e GTS, com quatro modelos no total. A versão GT (de base) possui um motor de 180 cv, uma bateria de 52 kWh, um carregador de bordo de 11 kW, um carregador de corrente contínua de 100 kW e uma bomba de calor. Inclui jantes de liga leve Iconique de 19 polegadas, pneus Michelin Pilot Sport EV, cruise control adaptativo, bancos desportivos aquecidos, um volante desportivo em couro Nappa e um sistema de infoentretenimento completo com Alpine Portal e Android Auto e Apple CarPlay sem fios. As características de série incluem ajudas de estacionamento dianteiras e traseiras e uma câmara de marcha-atrás.

A gama expande-se com os modelos GT Premium e GT Performance. O GT Premium dá ênfase ao conforto com um tejadilho preto, pinças de travão Alpine Blue, interior em couro Nappa, sistema áudio Devialet, volante aquecido e carregador de smartphone por indução. O GT Performance privilegia o carácter desportivo com um motor de 220 cv, pneus Michelin Pilot Sport 5, pinças de travão vermelhas, monogramas pretos e Alpine Telemetrics.

A versão topo de gama GTS combina características de ambos os modelos GT, tornando-se na versão topo de gama, o melhor que pode obter do A290.

A série limitada “Premiere Edition” inclui 1.955 unidades, disponíveis em preto, branco e preto (Beta), cinzento (La Grise) e azul (La Bleue). Estas edições incluem pinturas exclusivas, equipamento extra e uma placa de edição limitada na consola central, comemorando a fundação da Alpine por Jean Rédélé em 1955.

Ainda não há preços para Portugal, esperando-se que o modelo base comece nos 38 mil euros, esperando-se a sua chegada no final do ano.

Primeiro contacto

Visualmente, o A290 é um Renault 5 em esteróides. As linhas mais agressivas ficam muito bem neste carro, com um carater desportivo bem vincado. Os apetrechos aerodinâmicos, dão-lhe ainda mais presença e, na cor certa, será um carro que se vai destacar na rua.

O esforço feito na afinação da suspensão e de todo o conjunto faz antever uma máquina com potencial para o deixar com sorriso nos lábios. No interior, temos conforto nos bancos da frente, com muito apoio lateral. Atrás, o espaço é algo comprometido para quem tiver mais de um metro e oitenta, mas dadas as dimensões, é algo que não surpreende.

A solução encontrada para “dar voz” ao A290 é interessante, algo estranha, mas poderá dar até mais carater ao carro, pela originalidade da proposta. O som não é desagradável de todo e pode ajudar a ler melhor o comportamento do carro (algo que foi pensado pelos engenheiros, com o som a ser usado para essa função e não apenas para ser um elemento diferenciador).

Dada a leveza do carro, tendo em conta que se trata de um elétrico, poderá permitir uma agilidade surpreendente para um EV e a potência oferecida, assim como a autonomia, faz deste A290 uma proposta equilibrada e interessante. Será um digno sucessor do 5 Turbo? Apenas depois de experimentar as sensações ao volante é que poderemos ter mais certezas. Mas a primeira impressão aguçou (e muito) o interesse desta primeira proposta da Garagem de sonho da Alpine.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)