Rede Mobi.E: 448 mil carregamentos em abril
5 mitos sobre as baterias dos carros elétricos

Apoio do Estado na compra de veículos elétricos pode ser substituído por outras medidas

By on 14 Maio, 2023

O governo estuda a possibilidade de deixar de fora do Orçamento do Estado os incentivos até agora dados à compra de carros elétricos, colocando em cima da mesa a possibilidade de novas medidas para ajudar a baixar os custos de carregamento dos veículos.

Em entrevista ao Jornal de Negócios e Antena 1, o secretário de Estado da Mobilidade Urbana, Jorge Delgado, admitiu que os dados revelam que os apoios do Estado já não são um fator para os portugueses para a compra deste tipo de veículos.

Nos primeiros quatro meses de 2023, as novas matrículas de automóveis ligeiros de passageiros eletrificados totalizaram 29.061 unidades, o que se traduziu numa variação positiva de 64,0 por cento relativamente ao período homólogo de 2022. Especificamente, observando os veículos 100% eléctricos (BEV), de janeiro a abril deste ano, verificou-se um aumento de 118,6 por cento nas novas matrículas, em comparação com o mesmo período do ano anterior, tendo sido matriculados 10.405 unidades.

No entender do secretário de Estado, novas medidas estatais que reduzam as taxas cobradas nos carregamentos serão uma melhor forma de ajudar quem adquire este tipo de veículos, além de agilizar o processo de licenciamento de novos postos, uma vez que existe uma maior procura por parte dos investidores neste mercado.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)